Meu Parto Humanizado

Olá! Quer saber como foi o momento mágico do meu parto humanizado? Confira como fui agraciada com o nascimento da amada Olívia.

Para começar esse post preciso dizer que minha gravidez foi muito tranquila, não tive nenhum problema de saúde. Tive uma alimentação saudável acompanhada por uma endocrinologista e nutricionista. Fiz caminhada, ioga e outros exercícios para preparar meu corpo para ter um parto humanizado e natural.

Desde o início da gravidez me preparei para ter minha filha da forma mais natural possível. Mesmo com os alertas da minha ginecologista informando que pela minha idade havia muito mais chance para uma cesariana, eu me preparei para tentar contrariar a ciência.

A vida sempre vem pra ensinar. Nada acontece por acaso e tudo acontece quando realmente deve acontecer. Com 40 semanas e 5 dias Olívia resolveu dar o alerta que estava preparada para chegar neste mundão.

Às 10h30 eu recebi o sinal que aquele era o grande dia, dia 27 de setembro. Comecei a perceber as contrações ritmadas de 5 em 5 minutos. Fiz uma oração agradecendo o início daquele momento que estava tão ansiosa para ter, começar o trabalho de parto.

Logo depois tomei um longo, relaxante e gostoso banho morno. Deixei a água quente do chuveiro cair na minha lombar. Os ambientalistas que me perdoem, mas eu precisava daquele banho extenso e sem limitação de tempo.

Quando sai do banho percebi que as dores estavam maiores e menos espaçadas. Mandei um zap para o marido pedindo para ele vir para casa imediatamente. Independente do quanto demoraria o trabalho de parto gostaria de estar acompanhada do Rodrigo.

Meu Parto Humanizado
Meu Parto Humanizado

Enquanto o aguardava fiz meu ritual com os cremes e óleos. Massageei meus pés, alisei e conversei muito com minha barriga. As contrações eram sentidas e aguardadas com a trilha sonora da minha prática de ioga.

Fiz uma maquiagem discreta, não poderia deixar de me maquiar para receber a minha filha. Escolhi um vestido longo e prático, mesmo sem saber, meu vestuário auxiliou muito na hora do parto.

Rodrigo chegou e com ele vieram as dores mais intensas. Saímos de casa às 13h40 com contrações fortes e com intervalos bem menores. No caminho, ele colocou uma música e adaptou a letra de forma romântica. Começou a cantarolar só para me distrair e tentar aliviar minha dor.

Foi a conta de chegar à maternidade e minha bolsa estourar. Mais uma vez as dores se multiplicaram e as contrações quase emendavam uma na outra. Era uma dor com um propósito feliz e abençoado que é trazer um filho ao mundo.

Na triagem a única coisa que sabia falar: “Está nascendo, quero anestesia”. Senti que minha dor era banalizada por alguns funcionários e outras grávidas que aguardavam atendimento. Realmente não é muito comum mulher chegar no hospital parindo.

Leia também:  27ª semana de gravidez

Felizmente uma enfermeira obstetra apareceu e nos encaminhou para a sala PPP (pré, parto e pós parto). Era um caminho curto, mas que parecia uma eternidade. Deitei na cama, sem lençol e ainda toda vestida.

A partir desse momento fiquei aérea e anestesiada, mesmo sem ter tomado anestesia. Só senti Olívia escorregando de dentro de mim, da forma mais linda e natural que poderia escolher. Não entendi muito bem o que tinha acontecido, só vi minha bebê com o cordão umbilical enrolado em seu pescoço.

Meu Parto Humanizado
Meu Parto Humanizado – Olívia com 30 dias

Para quem já sentiu uma dor intensa sabe que a sanidade e o discernimento vão embora com a dor. Só depois de alguns segundos, com o choro intenso de Olívia que eu percebi que ela tinha nascido. Às 14h03 me tornei mãe pela segunda vez.

Após poucos minutos do nascimento, Rodrigo teve a oportunidade de cortar o cordão umbilical da Olívia (momento mágico). Em seguida houve outro momento maravilhoso, sublime e encantador da vida.

Tive minha pequena nos meus braços e ela amamentou como se aquele momento já tivesse acontecido outras vezes. Tive a oportunidade daquela sensação mágica por mais de 1 hora. Conversei com ela, disse o quanto foi planejada e bem-vinda. Acariciava seu rostinho frágil e amado.

Olívia veio ao mundo de forma amorosa, fomos respeitadas em todos os momentos sem sofrer nenhuma intervenção. Ela nasceu quando estava pronta, no ritmo dela, sem interferências.

Só depois de mais de uma hora com Olívia nos braços que ela foi medida, pesada e demais procedimentos, todos ali na nossa frente, minha e do Rodrigo. Aliás, em momento algum ela saiu de perto da gente. Tudo aconteceu sob nossa supervisão.

Como meu parto foi natural tivemos alta em 24 horas. Durante esse período tivemos acompanhamento de pediatra, psicólogo, assistente social, fisioterapeuta e o médico obstetra. Fomos respeitadas em todos os momentos da minha hospedagem. Tive direito ao acompanhante durante toda a minha internação.

Antes de tudo acontecer eu tinha programado uma playlist deliciosa e relaxante. Imaginei que o meu trabalho de parto seria breve, mas que eu teria massagens, relaxamento com bola, mais banhos quentes e a companhia do Rodrigo para receber a nossa pequena.

De tudo que pensei que aconteceria, tive a companhia do Rodrigo para o trabalho de parto mais rápido e fugaz que podia imaginar. Tive a oportunidade de sentir sua segurança e amorosidade naquele momento tão lindo.

Realmente a vida é inesperada e maravilhosa. Não posso deixar de agradecer pelo momento intenso e especial que passei. Pela bebezinha dengosa e boazinha que nasceu de forma natural e humanizada.

Assim foi meu parto humanizado. Uma experiência única e divina.

Mineira, consultora de imagem, publicitária e apaixonada por moda!

Curtiu? Você também pode gostar de:

Compartilhe!
  • Júnia, é um momento mágico, difícil até de explicar. Obrigada pelo carinho. ❤

  • Júnia Emanuele

    Ah que lindo. Imagino como esse momento deve ser extremamente lindo e especial. Parabéns a Olívia é linda ❤