23ª Semana de Gravidez

Olá! As semanas estão passando num ritmo acelerado e sempre tem muita informação gostosa para compartilhar. A 23ª semana de gravidez foi bem corrida e cheia de novidades.

Com o crescimento da barriga e o desenvolvimento saudável da Olívia perceber ela mexendo está a cada dia mais fácil e até visível. Nossa bebê está muito espertinha e já dá sinais que reconhece o tom da voz e se mexe na barriga para mostrar isso.

Primeiro foi comigo, depois com o papai e essa semana com o Lipe. Foi muito emocionante ele “se apresentando”, contando que era seu irmão mais velho e que a estava esperando. Imediatamente ela mexeu e não foi pouco. Fez questão de fazer várias acrobacias para ser percebida. Foi um momento de amor sem fim.

 

A gravidez e a ida à nutricionista

23ª semana de gravidez
23ª semana de gravidez

Apesar de ter engordado menos que o esperado nesses 6 meses de gestação, minha médica obstetra sugeriu o acompanhamento de uma nutricionista durante o restante da gravidez.

Durante a gestação o corpo da mulher muda muito. Vários desconfortos e intolerâncias podem aparecer e a alimentação é um fator primordial para um preparo saudável do bebê e também o bem-estar da mãe.

Uma das informações necessárias que precisava da nutricionista é sobre carnes e sua fonte de ferro e outros nutrientes. Antes não gostava muito de ingerir carnes. Hoje, com a gravidez, parece que tenho menos interesse ainda pelo alimento. Avaliar o consumo e substitutos de forma responsável foi uma valiosa questão para conversar com a nutricionista.

Leia também:  Dicas para Look Casamento Dia

Uma dica da nutri é que não se deve consumir leite e derivados junto do almoço/jantar, pois atrapalha a absorção do ferro. Portanto, leite e derivados são bem vindos no café da manhã, lanche da tarde e ceia.

Para suprir as necessidades de ferro e evitar anemia, o consumo do feijão e vegetais com folhas verde-escuras (brócolis, espinafre e couve) está liberado. Oba! Estou adorando feijão, couve e brócolis. Tem praticamente todos os dias no meu prato.

Um desconforto comum nesse período da gestação é a azia. E vários cuidados foram sugeridos pela médica como evitar o consumo de líquidos durantes as refeições e se alimentar num intervalo máximo de 3 horas a cada refeição.

Outra dica foi passar a consumir leite e iogurte sem lactose. A sugestão foi para dar preferência ao consumo do Molico Zero Lactose, por ter uma taxa de cálcio maior.

Para evitar a prisão de ventre vou continuar com o desjejum com o mamãe e granola. Muita água ao longo do dia, exercitar e comer alimentos ricos em fibra.

No mais, a consulta foi bem tranquila e é muito legal saber que você está no caminho certo, tendo uma alimentação saudável. Não deixe de acompanhar as novidades. Até a próxima semana!

Mineira, consultora de imagem, publicitária e apaixonada por moda!

Curtiu? Você também pode gostar de:

Compartilhe!